APICULTURA NO RIO GRANDE DO NORTE, BRASIL: QUATRO ANOS DE REGISTROS E ACOMPANHAMENTO

Dayson Castilhos, Genevile Carife Bergamo, Vera Lúcia Imperatriz Fonseca, Valdemar Belchior Filho

Resumo


A apicultura norte-rio-grandense cresceu 500% entre 2000 e 2009, prometendo ser uma proposta emergente para o setor agropecuário no semiárido. Entretanto de 2009 até 2015 a produção e renda apícola caíram drasticamente principalmente devido a fatores climáticos típicos da região semiárida, porém com maior intensidade nesse período, como a drástica seca que assolou o nordeste entre os anos 2012 a 2015 e a queda do PIB do Estado, fatores que reduziram as rendas dos apicultores, o que causou um desestimulo e levou essa atividade ao declínio. Em outubro de 2012 iniciou-se uma pesquisa com o objetivo de avaliar as condições de sustentabilidade da apicultura como atividade agropecuária familiar no Estado, através dos seus indicadores sociais, econômicos e ambientais, encerrando-se em outubro de 2015, com os mesmos entrevistados, possibilitando traçar um perfil da atividade apícola no RN nesse período. Utilizou-se a matriz PEI/ER (Pressão-Estado-Impacto/Efeito-Resposta) para criação de questionário próprio. Foram entrevistados 63 apicultores escolhidos aleatoriamente em 2012 e as mesmas entrevistas foram intempestivamente replicadas até 2015. Constatou-se que os enxames de abelhas se evadem com a seca e as temperaturas altas; a atividade melífera sofre grande influência, positiva e negativa, do meio ambiente e das políticas públicas, apesar dos esforços dedicados à apicultura na região; e que, segundo os entrevistados, a apicultura continua subdesenvolvidas principalmente devido a problemas sociais (49.9%), como a baixa participação das mulheres, o baixo nível de escolaridade, o envelhecimento dos apicultores; problemas econômicos/tecnológicos (30.9%), como falta de qualidade dos produtos apícolas, diversificação da produção, manejo adequado e falta de financiamentos; e problemas ambientais (19.2%) como a seca e as altas temperaturas. A falta de uma metodologia que evitasse os efeitos das variáveis externas ao processo produtivo ao nível de agricultura familiar levou esta atividade ao declínio.

Palavras-chave


Apicultura; Meio ambiente; Seca; Renda apícola; Declínio

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


LAJBM está indexada em:

   

 

ISSN: 2178-4833